Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





“Semana do Uruguai” acontece no Brasil
Atualmente são mais de 150 empresas investidoras com capital brasileiro no Uruguai, segundo dados fornecidos pelo Instituto Uruguay XXI – o Instituto de Promoção de Investimentos, Exportações e Imagem País.

Aproveitando esse potencial de mercado e no âmbito da Copa América, que começa esse mês por aqui, o órgão apoiado por Embaixada do Uruguai no Brasil e Consulados, realiza a semana do Uruguai no Brasil. Eventos no Rio de Janeiro e São Paulo para empresários, empreendedores e investidores apresentarão as vantagens, que tem atraído a tantos brasileiros, em investir por lá e a oferta exportável de alimentos de qualidade do país.

No Rio de Janeiro o Instituto Uruguay XXI e a Embaixada do Uruguai recebem no Sofitel Ipanema os investidores, empresários, empreendedores, celebridades e autoridades do país para um almoço com harmonização de carne e Tannat.

Na capital paulista dois eventos acontecem: um no dia 26 de junho, jantar com especialistas do setor cultural, arte e gastronômico, mostra como a indústria de criativos funciona por lá. Para isso estarão presentes personalidades do país que num Talk Show mediado pela jornalista Denise Mota debaterão as vantagens desse setor.

E no dia 27 de junho, fechando a semana de turismo em São Paulo, o instituto Uruguay XXI oferece um café da manhã com a presença de investidores brasileiros no Uruguai, que contarão ao público presente seus casos de sucesso. Entre eles, a diretora Roseane Arkader da Vinícola Éden – uma das mais modernas do Uruguai – conta sua trajetória no vizinho, benefícios e vantagens oferecidos pelo governo.

A afinidade cultural e complementaridade na hora de fechar negócios são pontos que diversas empresas brasileiras levaram em consideração na hora da decisão de ampliar suas operações no Uruguai.

Um dos casos mais recentes é das Lojas Renner, que inaugurou sua primeira loja de 1.500 metros quadrados em setembro de 2017 no centro da cidade de Montevidéu. A empresa, que tem mais de 300 lojas no Brasil e presença em todos os estados brasileiros, decidiu ampliar suas operações no Uruguai e implementar mais quatro lojas localizadas em Shoppings da capital e no interior do país.

O investimento realizado pela empresa, além das fronteiras nacionais, ocorreu porque o Uruguai apresenta uma economia estável, um dos PIB per capita mais altos da América do Sul e um importante crescimento do consumo interno.

A pouco tempo o vizinho e o Brasil assinaram um acordo de eliminação da dupla tributação sobre o imposto de renda e sobre o patrimônio, bem como para prevenir a evasão fiscal. Esse acordo é uma ferramenta chave para estimular os investimentos e o comércio, especialmente em serviços e TICs – Tecnologias da Informação e da Comunicação.

Uruguai se consolidou como um importante exportador de serviços, hoje representam 40% do total de exportações. Além disso, o país conquistou prestígio ímpar no setor alimentício que lhe abriu portas para os mercados mais exigentes do mundo conquistando presença nas mesas de mais de 150 países.

A boa reputação adquirida pela carne uruguaia se deve especialmente a esse sistema de rastreabilidade, que por lei é aplicado há mais de uma década em 100% do gado, permitindo acesso do consumidor a todas as informações do alimento que chega da natureza a sua mesa. O sistema de rastreabilidade uruguaio atinge também a produção de carne avícola, mel, cítricos, vinhos, entre outros produtos.

Os vinhos uruguaios possuem prêmios internacionais e são respaldados pela Organização Internacional do Vinhedo e do Vinho (OIV). Esses reconhecimentos estão reforçados no uso da tecnologia aplicada à produção sustentável e de qualidade, que permitiu que todos os estabelecimentos vitivinícolas estejam georreferenciados. Além disso, é o primeiro país com todos seus cultivos vitivinícolas rastreados.

A história do vinho no Uruguai tem mais de 250 anos e essa é uma das causas que contribuíram com o reconhecimento que tem nos mercados internacionais. A uva Tannat se consolidou como a principal variedade do país por uma boa adaptação ao solo e ao clima.

Serviços:

www.investinuruguay.uy

www.buyfromuruguay.uy


Fonte: www.jornalturismoeeventos.com.br


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA