Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques

Em Breve!

Newsletter





Brasil será homenageado no fórum global de economia de turismo na China
Um dia depois de o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, receber a comitiva chinesa, responsável pela organização do Fórum Global de Economia do Turismo (GTEF), o presidente interino da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Leônidas Oliveira, se reuniu com representantes do trade brasileiro e do país asiático, na sede do Instituto, nesta quinta-feira (11). O objetivo do encontro foi oficializar e apresentar o protagonismo do Brasil que, juntamente com a Argentina, foi convidado para dividir o posto de destaque da edição deste ano do evento, que será realizado entre 13 e 15 de outubro, em Macau.

O fórum reúne líderes do turismo de todo o mundo para promover parcerias estratégicas entre os setores público e privado, além de debater as tendências do mercado na Ásia.

No encontro de ontem (10), o ministro Marcelo Álvaro Antônio falou da importância da relação Brasil-China, para o desenvolvimento do turismo. “Estamos muito animados com esta participação pois trata-se de mais um passo em direção a uma relação cada vez mais próxima com o mercado chinês, principal emissor de turistas do mundo, com cerca de 135 milhões viajantes. Temos trabalhado intensamente para diminuir essa distância física com ações que ampliam nossa conectividade e assim poder receber cada vez mais esses visitantes”, comentou o ministro.

Segundo o presidente interino da Embratur, Leônidas Oliveira, esta será uma grande oportunidade para ações de promoção conjunta entre os países da América no Sul no continente asiático e para promover a abertura do mercado chinês. “O protagonismo do Brasil neste importante fórum reforça a meta de entrar, definitivamente, no mercado de viagens da China, que movimenta US$ 250 bilhões anualmente na economia mundial. Dos 135 milhões de chineses que viajam pelo mundo todo ano, pouco mais de 60 mil escolhem o Brasil como destino. Temos muito a crescer, especialmente, pelo fato do turista chinês ter como principais motivações o Turismo de Negócios e o Ecoturismo, dois segmentos que o Brasil tem grande potencial”, explicou.

Além disso, Leônidas destacou o novo momento do setor no País: “o governo brasileiro tem colocado o turismo como prioridade para o desenvolvimento econômico. Estamos em um momento importante de transição, onde áreas especiais estão sendo liberadas para a desburocratização e maiores investimentos. Juntamente com os países do Cone Sul, temos mais condições de competir no mundo e buscar mais negócios para o Brasil na China, um mercado que se interessa tanto pelo ecoturismo como pela cultura de um país”.

A presidente da Câmara de Turismo da China, Wang Ping, reforçou a importância da troca de experiência com os países sul-americanos para a preservação, o desenvolvimento e o fortalecimento do turismo na região. “A China se tornou uma das maiores potências do mundo. Estamos dispostos a trocar e combinar ramos no turismo para um melhor aproveitamento dos turistas e, com isso, melhorar a qualidade de vida das populações por meio do setor”, disse Wang Ping na Embratur.

O encontro, realizado após a delegação dos líderes empresariais da China visitar também a Argentina para reuniões preparatórias, contou com a presença de empresários, representantes do governo chinês e do trade brasileiro, como o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), secretarias estaduais do Distrito Federal, Secretaria de Governo de Turismo da Argentina, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e de técnicos da Embratur.

Fonte: Jornal de Turismo


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA