Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Aniversário da Parnaíba, Piauí (PI)
Parnaíba é um município brasileiro do estado do Piauí, possuindo uma população de 178 483 (IBGE/2017), sendo o segundo mais populoso do estado, perdendo apenas para a capital Teresina. É um dos quatro municípios litorâneos do Piauí (além de Ilha Grande, Luís Correia e Cajueiro da Praia).

Além das belezas naturais, Parnaíba apresenta um grande valor histórico para o Piauí, apresentando principalmente nas proximidades do Porto das Barcas inúmeros imóveis históricos que traduzem a importância de Parnaíba, chegando naquela época a ser mais importante do que a ex-capital Oeiras e sendo uma boa referência à Europa. Desde 2012, Parnaíba vem crescendo em ritmo acelerado, tendo no início de 2014, inaugurado o seu primeiro shopping Center(Parnaíba Shopping) e retomando os voos em seu aeroporto internacional.

História
Dos índios ao status de vila
Antes da chegada do elemento colonizador, a região do Delta do Parnaíba era ocupada por índios Tremembés, exímios nadadores conhecidos como “peixes nacionais”. Entre os anos de 1571 e 1614, uma série de excursões chegaram a região, atraídas pelas notícias da grandiosidade do rio que cortava a região. Eram navegadores, aventureiros, jesuítas e pesquisadores que desbravavam a região muito antes dos bandeirantes. Conta-se que um destes navegadores, Nicolau Resende, naufragou na foz do rio e perdeu toneladas de ouro, o que o levou a passar cerca de 16 anos na região em busca de seu tesouro.

Na época por causa da Carta Régia de 1701 que só permitia a criação de gado a uma distância de 10 léguas do litoral, a economia da futura província do Piauí era interiorizada uma vez que a pecuária era sua base. Além disso, essa determinação obrigou comerciantes e contrabandistas a usarem o rio Parnaíba como via transportadora já que era inviável o doloroso trajeto terrestre. Diante disso criou-se um entreposto para a guarda de animais e acondicionamento da carne bovina, a esse local foi dado o nome de Porto Salgado ou das Barcas que acabou propiciando o desenvolvimento de uma indústria charqueadora na região e de um dos núcleos que deram origem a cidade de Parnaíba. O outro núcleo gerador da cidade foi o arraial Testa Branca que anteriormente era uma fazenda de gado que não oferecia chances de desenvolvimento.

Em 20 de setembro de 1759, João Pereira Caldas, o então governador da província do Piauí, fundou a vila de São João da Parnaíba e misteriosamente escolheu como sede o arraial Testa Branca, com a promessa nunca cumprida de que fossem construídas 59 casas o que acabou gerando insatisfação nas comunidades adjacentes do Porto das Barcas.

Em 1769 a Câmara, instalada na região portuária que administrava a vila proibiu a construção de novas edificações em Testa Branca e no ano seguinte, o governador Gonçalo Botelho de castro, transferiu definitivamente a sede para o porto. Foi também em 1770 que iniciou-se a construção da Igreja de Nossa Senhora Mãe da Divina Graça que hoje é uma das poucas catedrais em estilo barroco do Estado e foi fundada no dia 14 de agosto.

Turismo

Os principais pontos turísticos são:

Delta do Parnaíba está situado entre os estados do Maranhão e Piauí, formado pelo Rio Parnaíba, que tem 1.485 km de extensão, o Delta do Parnaíba abre-se em cinco braços, envolvendo 73 ilhas fluviais, sua paisagem exuberante, cheia de dunas, mangues e ilhas fluviais, garante o cenário paradisíaco dessa região do Maranhão e Piauí.

Praia da Pedra do Sal é uma praia do estado do Piauí, sendo a única situada na cidade de Parnaíba, localizando-se a 15 km da sede do município parnaibano, se encontra na Ilha Grande de Santa Isabel, ilha fluvial do Delta do Parnaíba. O acesso está disponível pela rodovia PI-116. A Pedra do Sal é dividida em duas partes: o lado Manso e o lado Bravo. O lado Manso tem poucas ondas, é de baixa movimentação e boas condições para pescaria e descanso. O lado Bravo é útil para esportes radicais como surf e asa delta.

Lagoa do Portinho é uma das mais belas paisagens do Piauí e com a vantagem de que as águas azuis podem ficar verdes, dependendo da luz do sol, as dunas cercam um balneário de águas doces no litoral do Piauí, ideal para a prática de desportos aquáticos na banana boat , jet ski e windsurf

Porto das Barcas é a origem da cidade de Parnaíba está diretamente conectado, localizada as margens do Rio Igaraçu braço do Rio Parnaíba, o Porto fica à direita da ponte que liga a cidade à Ilha Grande de Santa Isabel. Construções do século XVIII desempenhou um papel preponderante na economia da região e do nordeste (Na época sendo a 4ª mais importante no NE), foi construído grandes armazéns utilizados para estocagem de mercadorias importadas e de exportação, especialmente o comércio com Portugal, Espanha, Inglaterra e Alemanha.


Fonte: Wikipédia


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA