Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





3 em cada 10 hóspedes trocam segurança por fidelidade e incentivos
Segundo pesquisa encomendada pela Carlson Wagonlit Travel, 39% vos viajantes corporativos das Américas, 34% dos europeus e 28% dos asiáticos se sentem à vontade em trocar aspectos da segurança por programas de fidelidade, recompensa e incentivo promovidos por redes hoteleiras em todo o mundo. Ou seja, na média, três em cada dez turistas fazem essa opção.

Individualmente, a população que se mostrou mais favorável a esta prática foi a da Suécia, com resposta positiva de 51% dos entrevistados. Os Estados Unidos aparecem na segunda colocação, com 47%, enquanto o Brasil vem em terceiro lugar, com 41%.

Claramente, os viajantes estão muito ligados aos seus pontos de fidelidade de hotel e farão grandes esforços para obter esses benefícios. Uma forma de enfrentar esse desafio é permitir que os viajantes colecionem pontos para que possam fazer reservas dentro das políticas estabelecidas, disse o presidente da Roomit by CWT, David Falter.

Entre os problemas de segurança levantados pela pesquisa, 46% dos europeus entrevistados se mostraram preocupados com possíveis invasores no hotel, 35% com ataques terroristas, 34% com outros hóspedes do hotel e 30% com situações de incêndios. Globalmente, a maior preocupação (41%) é ter informações pessoais ou até mesmo as chaves do quarto passadas para terceiros por membros do staff do hotel em questão

“Apesar de a maioria dos quartos de hotéis trancarem suas portas automaticamente, há várias outras opções disponíveis no mercado para ampliar este aspecto da segurança. Itens como travas portáteis, cadeados e alarmes para portas podem ajudar mais efetivamente na segurança que muitos turistas esperam”, recomendou Falter.

Ainda segundo o executivo, muitos hóspedes pedem quartos em andares mais elevados do hotel como forma de dificultar possíveis invasões. De acordo com especialistas em segurança, o ideal é ficar entre o sexto e o sétimo pavimento do prédio, assim fica alto o suficiente para evitar criminosos, mas nem tanto para o caso de uma evacuação emergencial do edifício.



Fonte: Panrotas


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA