Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Governo brasileiro anuncia acordo com operadora da China
O governo brasileiro e a China Travel Service (CTS), maior operadora de Turismo chinesa, fecharam um acordo inédito para estruturar roteiros customizados com o objetivo de aumentar a presença do turista chinês no Brasil. Anualmente, a empresa é responsável pelo envio de 50 milhões de viajantes para os mais variados destinos.

Participaram da reunião com o CEO da companhia, Arthur Xue, e com o diretor de Negócios, Dun Jidong, o secretário nacional de Estruturação do Turismo do Brasil, José Antônio Parente, o secretário de Turismo de Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla, o secretário de Turismo do Ceará, Arialdo de Mello Pinho, e o diretor-geral da Chinarte Cultura Media, Bob Wei.

A primeira ação desta parceria está prevista para setembro, durante o Festival da Lua Cheia, em Foz do Iguaçu (PR), segunda maior colônia chinesa do País. O evento realizado pela prefeitura municipal, em parceria com a Embaixada da China no Brasil, deverá ser incluído em definitivo na programação cultural da cidade.

“É o primeiro acordo que o Brasil faz para atrair esse mercado prioritário que é a China. São 135 milhões de turistas em potencial que gastaram, no ano passado, US$ 250 bilhões. Temos um enorme campo para avançar entre esses viajantes e estamos implementando uma série de medidas como a ampliação de três para 12 visa centers em funcionamento na China, possibilitando que cada vez mais chineses conheçam o Brasil”, explica José Antônio Parente.

Durante o encontro ficou acertado que uma delegação da CTS visitará o país ainda este ano para avaliar a infraestrutura existente como hotelaria e gastronomia, além de conhecer os destinos que poderão integrar roteiros voltados para o visitante chinês. “A abertura econômica da China contribuiu muito para o aumento da atividade turística e o Brasil é um mercado com grande potencial. Certamente a aproximação dos dois países irá impactar no setor de viagens”, comentou o CEO da companhia, Arthur Xue.

Em paralelo com o Turismo de natureza, os representantes da empresa chinesa falaram sobre o interesse crescente do turista chinês por maratonas.



Fonte: Panrotas


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA