Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Aniversário da cidade de São Gabriel, Rio Grande do Sul
São Gabriel é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Situado na região da Campanha Central do estado, sua população estimada pelo IBGE é de 65 mil habitantes, mas a prefeitura estima em mais de 70 mil pessoas, apesar do IBGE dizer o contrário, pois houve um grande crescimento econômico e populacional na cidade nos últimos anos. É considerada uma cidade histórica do interior do Rio Grande do Sul.


História

A história da cidade remonta aos idos de 1750, com o surgimento das primeiras estâncias jesuíticas, dos Sete Povos das Missões, de São Luis, São João e São Lourenço. Pelo tratado de Madri, assinado naquele ano, o que constituía o território do atual município passou a pertencer a Portugal, pois até então era da Espanha, servindo o rio Santa Maria de divisa. Mas as disputas internas entre castelhanos, portugueses e índios só permitiram a demarcação do território a partir de 1784.

Em 2 de novembro de 1800 o naturalista espanhol Félix de Azara viria a fundar, junto ao Cerro do Batovi, uma povoação com o nome de São Gabriel, supõe-se em homenagem ao vice-rei do prata, Gabriel de Avilez y del Fierro. A guarda castelhana, de 90 homens, teve de logo retirar-se, pois estava contra ela o coronel Patrício José Correia da Câmara, que mandou uma tropa e tomaram o local em nome de Portugal.

Em 1809, São Gabriel pertencia a Rio Pardo com o nome de distrito do Vacacaí. Uma provisão de 28 de dezembro de 1815 estabelecia capela curada, e, em 1826, chegava o 1° padre na cidade, João de Almeida Pereira.

O acordo sobre os limites da fronteira, assinado em 1819, em Montevidéu, incorporava São Gabriel ao Brasil em caráter definitivo (nessa época fazendo parte do município de Cachoeira do Sul).

Em 1840, durante a Revolução Farroupilha, foi escolhida como sede do governo da República Riograndense.

No dia 13 de janeiro de 1846, a então povoação de São Gabriel recebeu a primeira visita do imperador Dom Pedro II. Na oportunidade, assistiu Missa na Igreja do Galo. No dia 30 de agosto de 1865, passou novamente pela cidade, a caminho de Uruguaiana, quando foi assistir a rendição dos paraguaios.

Com a Lei Provincial n.º 8 de 04 de abril de 1846, São Gabriel foi elevada a categoria de município, com a instalação da Câmara de Vereadores, cujo presidente exercia o Poder Executivo.

Em 15 de dezembro (antigo feriado municipal) de 1859, foi elevada a condição de cidade, durante a presidência do conselheiro Joaquim Antão Fernandes Leão.

O território do atual município de São Gabriel foi marcado ao longo da história por diversos combates e batalhas que estão na história, não só do município, mas também na História do Brasil.


Cultura

São Gabriel é conhecida como o último reduto dos carreteiros. A carreta puxada a boi de canga, utilizada por pequenos agricultores, é o meio de transporte mais antigo do mundo, havendo registros na Antiga Suméria.

No distrito de Tiarajú, nas localidades de Vista Alegre, Santo Antonio, Pau Fincado e Lagões, na zona rural do município, existem muitas famílias de carreteiros, sendo este o último núcleo de carreteiros do Brasil. A família mais tradicional de carreteiros é a Langendorf, de origem alemã e que curiosamente também é a família mais numerosa na cidade dentre as famílias descendentes de alemães.



Fonte: Wikipédia




Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA