Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Turismo deve criar 2 milhões de empregos até 2022
Com o lançamento nesta terça (27) do Plano Nacional do Turismo 2018-2022, durante a 51ª reunião do Conselho Nacional de Turismo (CNT), o Ministério do Turismo trouxe como uma de suas principais metas a criação de novos dois milhões de empregos — passando de sete para nove milhões de postos de trabalho.

“O Plano Nacional do Turismo 2018-2022 foi construído de forma coletiva. Temos em mãos um instrumento que direciona políticas efetivas, orienta os gestores sobre as prioridades do setor e traz metas factíveis para o Brasil se tornar uma potência mundial no mercado de viagens”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Dentre outras pautas, também há a intenção de aumentar o número de turistas nacionais, com a inserção de 39,7 milhões de brasileiros no mercado consumidor de viagens. Assim como o internacional, passando de 6,6 milhões para 12 milhões — juntamente com a receita destes, saindo dos atuais US$ 6,6 bilhões para US$ 19 bilhões em 2022.

Para o coordenador da Câmara Técnica do PNT e presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Alexandre Sampaio, o novo plano norteia as ações do setor, dando caminhos e orientações para o Brasil avançar no mercado de viagens.

“O documento foi construído como uma proposta nacional para o setor de Turismo, propondo caminhos modernos para alcançarmos, de forma célere, nossos objetivos. É um plano amplo e positivo, que pode ser ajustado ao longo dos anos para se adequar à realidade de nosso setor”, afirma Sampaio.



Fonte: Panrotas


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA