Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Turismo do RN cresce apesar das adversidades
O trabalho continuado de divulgação e investimento no turismo potiguar pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte geraram resultados, apesar de adversidades sofridas ao longo do ano, como a interdição da pista do Aeroporto de São Gonçalo e as notícias negativas veiculadas na mídia nacional sobre a insegurança em Natal.

A pista de pouso foi interditada no mês de setembro, pelo período aproximado de um mês. Nos meses seguintes, as companhias aéreas precisaram readequar a malha e, dessa forma, manteve a redução no número de voos nos meses de novembro e dezembro.

Para o governador Robinson Faria, mesmo diante de um cenário desfavorável, o turismo no RN permanece aquecido por causa de ações adotadas nos primeiros meses de governo.

“Desde 2015 traçamos os nossos principais objetivos para colocar o Rio Grande do Norte novamente na rota de interesse dos turistas nacionais e estrangeiros. Iniciamos com a desoneração do ICMS sobre o querosene de aviação, que deu resultado imediato. Essa foi uma das iniciativas para fomentar um setor que movimenta 52 cadeias produtivas”, disse o chefe do Executivo estadual.

“No geral foi um ano positivo e os números atestam isso. Até a interrupção da pista do aeroporto estávamos com 10% de acréscimo de turistas no Estado, se comparado ao mesmo período de janeiro a agosto de 2016. Ainda assim, finalizamos o ano com salto de 3,8% de aumento”, analisa o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

Os dados são do Consórcio Inframérica, que administra o Aeroporto de São Gonçalo. No total, o fluxo foi de 2.403,677 passageiros em 2017, um acréscimo de 87.214 se comparado ao ano de 2016. Esse aumento representa uma injeção de mais de R$ 225 milhões aos R$ 6 bilhões oriundos do turismo para a economia do Estado em 2016.

“Esse crescimento comprova que temos construído uma imagem sólida do nosso Estado, que mesmo com a maré contra, a força do turismo se mantém, porque houve investimento planejado e intenso de divulgação e promoção, além de condições de infraestrutura para receber o turista”, reforça o presidente da Emprotur, Manuel Gaspar.

Além do aumento no número de passageiros, os números da Inframérica também mostrou aumento de 1,5% no movimento de aeronaves no Aeroporto, ou acréscimo de 273 voos, se comparado 2016 e 2017. Até a interrupção da pista do Aeroporto, o aumento era de 7%.


Fonte: /brasilturis.com.br


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA