Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





SPC: 48% dos brasileiros vão economizar em 2018
Um levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em 12 capitais indica que 48% dos consumidores brasileiros pretendem reduzir os gastos no começo deste ano, segundo informações da Agência Brasil.

O principal motivo para esse comportamento cauteloso é o nível elevado de preços, apontado por 24% dos entrevistados. Outra razão para segurar os gastos foi o desemprego (18%) e o mesmo percentual foi de argumentos que levam em consideração apenas a questão de economias pessoais. Para 16% essa é uma maneira de combater o endividamento e a situação financeira ruim.

Na lista de compras para janeiro destacam-se, além dos produtos essenciais de consumo, roupas, calçados e acessórios (27%), remédios (17%), recarga para celular (13%), perfumes e cosméticos (10%) e móveis (8%), entre outros.

A pesquisa indica que quatro em cada dez consumidores estavam com as contas em atraso no fim de 2017, o equivalente a 38% dos casos analisados, e 45% declararam que estão no limite dos ganhos.

Apenas 13% conseguiram fazer a virada de ano com dinheiro sobrando. Entre os que fizeram empréstimos ou financiamentos, 22% estavam inadimplentes. Os dados indicam ainda que 47% usaram mais o cartão de crédito em novembro, com gasto médio de R$ 1.035. Em paralelo, 30% não alteraram os gastos e 19% disseram que reduziram o valor do consumo.

O estudo detectou que os gastos feitos com o cartão de crédito (66%) foram para adquirir itens em supermercados como, por exemplo, alimentos, com 51% para remédios, 36% combustíveis; 33% com bares e restaurantes, 31% recarga de celular e 15% com gastos diversos.

O levantamento foi feito em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Salvador, Fortaleza, Belém, Goiânia e Manaus nos primeiros quinze dias de dezembro. O documento tem base em 800 casos utilizados para compor o Indicador de Propensão ao Consumo, calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito.


Fonte: Panrotas


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA