Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Bonito por natureza
O Brasil conta com 326 Unidades de Conservação que incluem 72 Parques Nacionais, importantes para o turismo e a preservação ambiental


As Unidades de Conservação Federais receberam 8,29 milhões de visitantes em 2016, atraídos pela natureza destas áreas que abrangem 9% do território brasileiro.


Criado em 1989, com uma área de quase 33 mil hectares, o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é excelente para caminhadas; banhos de cachoeiras e de rio; contemplação da natureza e; travessia. De Cuiabá até a entrada principal do parque são 50 quilômetros e o acesso é feito pela Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), que margeia e corta o local.

Um dos cartões-postais é a cachoeira Véu de Noiva, que tem 86 metros de altura e é formada pelas águas do Córrego Coxipozinho.

Também são imperdíveis a Cachoeira dos Namorados e Cachoeirinha, a Casa de Pedra, o Morro São Jerônimo e o Vale do Rio Claro. Além dos roteiros na área do Parque, os visitantes podem desfrutar de atrativos nas regiões próximas, bem como da cidade de Chapada dos Guimarães. Um exemplo é a Gruta da Lagoa Azul (abaixo).

Sem sair do Centro Oeste, o Cerrado presenteia os turistas com a Chapada dos Veadeiros, em Goiás:

Criado em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros está localizado entre os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e Colinas do Sul. Protegendo uma área de 240,5 mil hectares de cerrado, o parque possui formações vegetais únicas, centenas de nascentes e rochas com mais de um bilhão de anos. O local foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, em 2001. De Brasília, são cerca de 260 quilômetros até a entrada do Parque, no distrito de São Jorge, a 36 quilômetros do município de Alto Paraíso de Goiás.


Os visitantes podem percorrer quatro trilhas para chegar aos atrativos do Parque Nacional.

Uma delas é a Travessia das Sete Quedas:
A Travessia passa por diversas fisionomias do cerrado.

Parte do caminho é feito em uma trilha histórica da época do garimpo, conhecida como Fiandeiras.

O percurso de 23,5 quilômetros de extensão, com caminho bem sinalizado e intercalado por pontes de madeira, acompanha o Rio Preto.

Em 2016, o parque recebeu 65 mil visitantes. A capacidade diária é de 450 pessoas.


Fonte: http://www.turismo.gov.br



Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA