Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Turismo brasileiro sem burocracia: acordam trade e governo na abertura da ABAV Expo
Com a perspectiva de reunir 29 mil inscritos, a 45ª ABAV Expo Internacional de Turismo & 48º Encontro Comercial Braztoa abriu, na manhã dessa quarta-feira (27), no Expo Center Norte, na capital paulista, em clima de exortação para que seja criado o ambiente para o efetivo e sólido desenvolvimento do setor.

Por Cecília Fazzini

Exatamente na data em que se comemora o Dia Internacional do Turismo e diante de uma plateia repleta e formada por representantes de entidades e empresários do trade do País, o ministro Max Beltrão, do Turismo, destacou a disposição do governo em discutir amplamente os problemas e encontrar soluções para que o segmento trilhe o crescimento. A fala do ministro veio em resposta à necessidade de medidas de incentivo apontadas pelos presidentes da ABAV Nacional, Edmar Bull e da Braztoa, Magda Nassar.

Ao lembrar que pela primeira vez o Turismo está na agenda econômica, Beltrão relacionou medidas tanto no âmbito do executivo quanto na esfera do legislativo que buscam tornar a atividade competitiva e reforçar o seu papel de propulsor de geração de emprego e renda. O ministro reconhece que “nosso turismo é ainda um transatlântico no açude, mas à todo o vapor para se lançar no oceano e navegar”.

Beltrão considerou o excesso de regras e prazos alongados que criam desânimo a novos projetos algo a ser combatido e se comprometeu a, tal como um soldado, lutar ao lado da iniciativa privada e dos investidores para eliminar toda a sorte de entraves. “Precisamos acabar com a burocracia para que vocês, empresários, possam trabalhar”, salientou o titular da pasta do Turismo.

Sobre a concretização de medidas de estímulo Beltrão citou o Brasil + Turismo que empresta formato mais dinâmico à gestão pública e à difusão do destino; das alterações na Lei Geral do Turismo que tramitam no Congresso; das reciprocidades como a implantação do visto eletrônico para facilitar a entrada de turistas de outras nacionalidades no País; do apoio ao programa “Rio – de janeiro a janeiro” – lançado na semana passada, no palco do Rock In Rio e da privatização de portos e aeroportos brasileiros.

Enfático, o presidente da Embratur, Vinicius Lummertz alertou sobre a necessidade de reformas que tirem a economia nacional de um estado estéril e enveredem pela via do capitalismo que funcione. “É preciso um novo realismo, transformar esse sistema que funciona no Brasil. Precisamos de liberdade para trabalhar e também dialogar com a classe política”. Lummertz condenou o joga pedra virtual que viraliza tendo como alvo a classe política. “Assim não conseguimos evoluir” , desabafou. Em nome da Embratur emitiu, ainda, sua crítica à limitada importância que se endereça ao Turismo no País, quando em outras economias mundiais a atividade é carro-chefe do desenvolvimento.

Cultura e turismo caminham juntos e não há como pensar em estratégia sem passar por essa integração. O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, considerou um avanço a aproximação entre as áreas com o lançamento do programa no Rio que lançou 100 novos eventos que, conforme ele, “trarão boas novas para os empreendimentos turísticos” que atrairão R$ 1 bilhão em investimentos e um estímulo que prevê evolução de 20% no turismo fluminense.

Familiarizado com as necessidades do Turismo – tendo ocupado a presidência da Embratur em 1987 – o prefeito paulistano, João Dória num discurso mais em tom político, não poupou elogios aos representantes do governo federal . Anunciou, em primeira mão, que dentro de 10 dias será assinado o acordo São Paulo + Rio, forma de integrar ações entre os dois destinos e assinalou a revitalização do Anhembi – que, em 2018, volta a ser o espaço de exposição da ABAV – a partir da privatização que será votada dentro dos próximos dias pela Câmara Municipal. Dória invocou o empresariado do turismo a ousar e a acreditar no Brasil e também a que todos trabalhem para aprimorar a imagem do destino.


Fonte: Diário do Turismo


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA