Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Aniversário de Uberlândia (MG); capital da logística

Uberlândia é o segundo maior município do estado de Minas Gerais, na Região Sudeste do Brasil. Localiza-se na mesorregião do Triângulo Mineiro, a oeste da capital do estado, distando desta, cerca de 537 quilômetros

Sua população, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), era de 669 672 habitantes em 2016,sendo o município mais populoso da região do Triângulo Mineiro e o segundo mais populoso de Minas Gerais, depois da capital, Belo Horizonte. É, também, o município mais populoso do interior de Minas e o quarto município mais populoso do interior do Brasil, além de ser o 12º mais populoso do país, exceto as capitais; e é mais populosa que nove capitais estaduais brasileiras, entre elas: Vitória-ES, Aracaju-SE, Florianópolis-SC e Cuiabá-MT. Ocupa uma área de 4,1 mil quilômetros quadrados, sendo que 135,3 quilômetros quadrados estão em perímetro urbano

História

Origens e pioneirismo

O primeiro homem de origem europeia a pisar na região do atual município de Uberlândia, território até então habitado por índios caiapós e bororós[carece de fontes], foi o bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva, em 1632. A região, então pertencente à Capitania de São Vicente, passou a pertencer à Capitania de Minas Gerais e São Paulo por Carta Régia de 3 de novembro de 1709. João Pereira da Rocha (1818), após o desbravamento da região pelos bandeirantes, fixou-se pela região, demarcando área próxima à Aldeia de Santana (atual Indianópolis). Ali, ele instalou a sede da sesmaria, que denominou Fazenda São Francisco, dando origem ao município. Demarcou, ainda, a Fazenda Letreiro e a do Salto e deu o nome de Ribeirão São Pedro a um curso dágua encontrado.A vinda de João Pereira atraiu muitas outras famílias, inclusive os Carrejos, que, em 1835, adquiriram parte da Fazenda São Francisco e de outras próximas, formando as sedes nas quais se instalaram aqueles irmãos: Olhos dÁgua, Lage, Marimbondo e Tenda (a de Felisberto). Felisberto Alves Carrijo que, em 1964, foi legalmente reconhecido como fundador da cidade, era professor com formação adquirida em colégios de missionários. Instalou em sua casa a primeira escola do município e, aos domingos, rezava o terço. Formou um povoado, sendo este, em seguida, denominado como Nossa Senhora do Carmo em homenagem à capela de mesmo nome, inaugurada em 20 de outubro de 1853.

Em 11 de junho de 1857, foram incorporadas, ao patrimônio do povoado, mais doze alqueires doados pela esposa de Luís Alves Pereira, Custódia Fernandes dos Santos e outros cidadãos. Essa área já era habitada por escravos e deu origem ao Bairro Patrimônio, na zona sul, pela Lei Provincial n 831. Exatamente um mês mais tarde, foi criada a Freguesia de São Pedro de Uberabinha. Em 1861, a Capela de Nossa Senhora do Carmo foi ampliada, tornando-se a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Carmo de São Pedro de Uberabinha, que viria a ser demolida em 1943.

Turismo
Vista do Mercado Municipal de Uberlândia, no Centro da cidade.

A cidade de Uberlândia possui muitos atrativos turísticos, tanto de valor arquitetônico quanto cultural e natural. São alguns dos principais pontos da cidade:

Mercado Municipal de Uberlândia: Está localizado no Centro da cidade. Foi instituído em 1923, mas só teve suas obras executadas em 1944, no mandato do prefeito Vasconcelos Costa, com arquitetura moderna para a época. Foi centro atacadista até 1977, quando o comércio foi transferido para a Ceasa. Situado à Rua Olegário Maciel, e oferece diversos produtos típicos de Minas Gerais e serviços variados.
Museu Municipal de Uberlândia: Fica localizado no Centro da cidade, na Praça Clarimundo Carneiro. O mesmo foi sede da Prefeitura da cidade e também abrigou a Câmara Municipal. Totalmente reformado, hoje é palco de importantes trabalhos e é onde são realizados diversos projetos culturais.
Parque do Sabiá: É um parque/zoológico administrado pela FUTEL (Fundação Uberlandense de Turismo, Esporte e Lazer), localizado no bairro Tibery, Zona Leste da cidade. É um complexo verde composto por Zoológico com animais em cativeiro de dezenas de espécies; Sete lagos que formam uma grande Lagoa; Aquário, que comporta 36 aquários e 36 espécies diferentes de peixes; Pista de Cooper de 5.100 metros de extensão; além de outros atrativos.
Parque Municipal Victorio Siquierolli: Está localizado na Zona Norte de Uberlândia, sendo onde encontram-se legítimos exemplos da vegetação do cerrado, com suas árvores de folhas coreáceas, troncos retorcidos e cascudos, flores coloridas e frutos agrestes, além de um espaço com brinquedos para crianças e museu de biodiversidade do cerrado. Conta com área total de 232 300 metros quadrados e fica entre os bairros Jardim América II, Residencial Gramado, Nossa Senhora das Graças e Cruzeiro do Sul.
Avenida Rondon Pacheco: É considerada o corredor gastronômico de Uberlândia. Nela concentra a vida noturna da cidade, contando com vários bares, restaurantes, cachaçarias, pizzarias, cafeterias, sorveterias e docerias. São mais de 60 estabelecimentos com quase 8 mil lugares na avenida. Além disso a avenida conta com hotéis, lojas de conveniência, postos de gasolina, supermercados, e hipermercados.A avenida corta a cidade de leste a oeste. A Avendia Governador Rondon Pacheco, se inicia no encontro com a Avenida Sílvio Rugani, no bairro Tubalina, na região sudoeste do município e vai até a BR-050, na altura do bairro Custódio Pereira, na região leste.
Além da Praça Tubal Vilela, Praça Clarimundo Carneiro, Praça Sérgio Pacheco e Praça da Bicota (Praça Rui Barbosa), que são pontos turísticos e importantes da cidade.


Fonte: Wikipédia


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA