Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Como a empatia com o cliente ajuda na venda de viagens

FORTALEZA - A inovação abre o ciclo de apresentações do Next Fortaleza. Em mais uma apresentação, o fundador da Travel Tech Hub, Alexandre Cordeiro, sobe ao palco do evento para desmistificar a ideia de que investir no cliente requer milhões e milhões de reais.

Segundo ele, as empresas devem voltar seu olhar e sua atenção ao seu cliente antes de pensar em todo um maquinário tecnológico. Em outras palavras, o profissional de viagens tem de ter empatia e buscar entender quais são as reais necessidades do seu passageiro fidelizado ou eventual cliente.

“Para quem [cliente] não está contente, procure entender por que ele não comprou com vocês, agentes de viagens. Ouça o seu cliente mais ‘reclamão’ que perdeu um voo, exemplificou. A resposta dele não pode trazer medo, ali está o ouro para vocês”, disse ele, em alusão às oportunidades surgidas por meio desse olhar diferenciado.

Para reforçar o conceito de personalização, Cordeiro destaca que o agente de viagens deve ficar cada vez mais longe do balcão de vendas, ou seja, não competir por preço. De acordo com ele, quem entra nesse embate acaba por perder em fidelização, satisfação e até mesmo rentabilidade.

O palestrante acredita também que para transformar sua empresa em um player diferenciado não é preciso estar no Vale do Silício, a meca da inovação de companhias de todo mundo avaliadas em bilhões de dólares. “A indústria de turismo é cheia de oportunidade e problema. A inovação pode vir de qualquer lugar”, finalizou.


Fonte; Panrotas


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA