Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Não existe mais viagem sem o digital”, afirma Edmar Bull

RIO DE JANEIRO – “Não existe mais viagem sem passar pelo digital.” O presidente da Abav Nacional, Edmar Bull, sabe bem disso. Durante encontro promovido pela CNC para debater os impactos que a economia colaborativa tem no Turismo, o líder da entidade pregou o treinamento como arma para lidar com os desafios trazidos pela inovação.

“A agência tem que unir tecnologia à capacitação e integração de todos os sistemas. Principalmente marketing e mídias sociais, que são investimentos muito grandes e bons para o cliente final”, defendeu Bull, que citou como desafios para o futuro desse profissional a manutenção de lucratividade, concorrência, adaptação ao novo consumidor, segmentação e eficiência.

Falando sobre a capacidade de ser um canal confiável capaz de reunir conhecimento e informações de qualidade, o presidente da Abav afirmou que, “hoje, um consultor de viagens é muito mais rápido para dar uma informação do que um site. O agente de viagens é muito importante para fazer essa consultoria”.

Ao seu lado no debate, o diretor comercial da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), Jorge Pontual, defendeu que “é preciso usar a tecnologia também a seu favor. A gente precisa entender como a gente interage com essa galera, como eu brinco com isso?”. Dialogando com Edmar Bull, Pontual concordou: “a gente acredita que a educação é o caminho anterior a qualquer atitude.”

Em sua fala, o gerente para Brasil da Amadeus, Paulo Rezende mostrou como até mesmo as mais consolidadas empresas do mercado precisam acompanhar de perto os caminhos abertos pelas tecnologias. “A gente entende que essa onda de inovação, de tecnologias fazendo disrupção dos negócios, vai continuar acontecendo e a gente tem que estar preparados para quando ela acontecer dentro do nosso quintal.”

“Nós somos um distribuidor de conteúdo, seja ele qual for. Esse benefício continuará sendo necessário, porque não é fácil ter o alcance possível com um provedor no meio. É claro que Google e afins têm esse alcance e podem ser uma ameaça no futuro se eles decidirem fazer tudo sozinhos, por isso a gente tem que estar atentos”, concluiu.


Fonte: Panrotas


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA