Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Avós como companheiros de viagem
Datas comemorativas, como o dia dos avós, celebrado nesta quarta-feira (26) são sempre inspiradoras para os sonhos de viagem

Viajar com os avós pode ser uma experiência inesquecível e despertar, principalmente nas crianças, o interesse de desbravar o país e conhecer novos destinos. Que o diga a brasiliense Maria Eduarda Gentil, 11 anos, que, apesar da pouca idade, já nem se lembra mais quantas viagens fez junto com a avó Vera Lúcia, que decola de Brasília, pelo menos, três vezes por ano.

A viagem mais recente foi na semana passada para Pirenópolis onde passaram o final de semana com direito a banho de cachoeira e passeio pelo casario colonial que tornou famosa a cidade goiana. “As viagens com minha avó são sempre divertidas, uma das que mais gostei foi para Maceió que tem praias muito lindas e muita comida gostosa”, comenta Duda, que planeja agora conhecer Caldas Novas (GO), de preferência, junto com a vovó Vera.

Para felicidade da Maria Eduarda, a avô dela está na faixa etária com maior intenção de viagem nos próximos seis meses - entre 45 e 60 anos -, segundo a Sondagem do Consumidor - Intenção de Viagem. O aumento foi de 5,5 pontos percentuais na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo a pesquisa do Ministério do Turismo. No grupo acima de 60 anos, da chamada terceira idade, o desejo de cair na estrada, com ou sem netos, subiu de 23,7% para 26,9%, na comparação com junho de 2016.

Quase 80% dos brasileiros que pretendem viajar, de junho a dezembro, período foco da sondagem do MTur, visitarão destinos nacionais. Nas duas faixas etárias, que concentram boa parte dos avós, houve crescimento na opção por deslocamento de avião, 60,7% nos entrevistados entre 45 e 60 anos e 78,1% entre os acima de 60 anos, em detrimento do automóvel e do ônibus, e também pela estadia em hotéis e pousadas (67,5%), em vez da hospedagem em casa de parentes e amigos ou em residência própria ou alugada.

Quando os avós não moram na mesma cidade que os netos, ir visitá-los também é motivo também para viajar e apreciar a farta oferta de atrativos que o Brasil tem a oferecer. João Filipe Barbosa, estudante de 21 anos, vai aproveitar as férias para matar a saudade e passear na casa da avó Francisca em Imperatriz, no Maranhão. “Quando era criança ia todo ano. Agora, só de vez em quando”, lembra, animado com a proximidade da viagem, em setembro.


Fonte: http://www.turismo.gov.br


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA