Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Dia do engenheiro florestal. O que faz?

O que faz?

Estuda e administra parques e reservas florestais, gerencia processos de exploração que preserve os recursos naturais e recupera áreas degradadas. Realiza atividades em educação ambiental e ecoturismo, incentiva as ações de preservação da biodiversidade da fauna e da flora. Elabora e promove projetos de reflorestamento das espécies arbóreas para aumentar sua produtividade. Pesquisa sementes e o melhoramento genético da vegetação.

A carreira em Engenharia Florestal

O engenheiro florestal é um profissional capacitado a analisar e estudar a dinâmica das florestas e seus ecossistemas. A partir desse estudo, o engenheiro florestal desenvolve projetos de exploração dos recursos florestais com o objetivo de minimizar os impactos ambientais.

O engenheiro florestal pode atuar com a ecologia aplicada. Nessa área ele estuda e gerencia parques e reservas florestais, administra os processos de exploração com o foco em preservar os recursos naturais e ainda recupera áreas degradadas.

O campo de fiscalização é outra área em que este profissional pode atuar, supervisionando empresas que utilizam produtos com origem florestal, como é o caso de indústrias que utilizam carvão para aquecimento de caldeiras ou fornos.


No manejo florestal, o engenheiro atua na elaboração e desenvolvimento de projetos de reflorestamento, com o objetivo de aumentar a produtividade de empresas de plantio e comércio de árvores e madeiras brutas. Para isso ele pesquisa sobre sementes, insumos e melhoramento genético.

No campo da pesquisa e desenvolvimento, este engenheiro desenvolve novas tecnologias de produtos florestais, melhorando o aproveitamento, a extração e a industrialização de madeiras e outros produtos da floresta, como óleos e resinas.

Além de áreas ligadas à indústria, o engenheiro florestal pode atuar na área de educação ambiental e ecoturismo, trabalhando em instituições de ensino, empresas privadas e públicas.
Perfil do profissional formado em Engenharia Florestal

De modo geral, o engenheiro florestal passa a maior parte do tempo em campo, então gostar de estar junto da natureza é uma característica importante para este profissional.

A maioria dos trabalhos com reflorestamento estão localizados em cidades do interior. Por isso, os profissionais que optarem por esta área de atuação devem gostar de morar em cidades mais afastadas, e ter a capacidade de se adaptar às adversidades decorrentes da profissão.

O gosto por ciências, biologia e natureza é fundamental para atuar no ramo de Engenharia Florestal.
Mercado de trabalho para quem faz Engenharia Florestal

Um dos setores que tem crescido no Brasil, e que absorve boa parte da mão de obra na área de Engenharia Florestal, é o de recuperação de áreas degradadas.

Além disso, a indústria de papel e celulose é muito atuante em território nacional. Nesse campo existem diversas oportunidades de trabalho em setores relacionados aos processos produtivos. O mais promissor é o de reflorestamento ambiental.

O setor de manejo de bacias hidrográficas e educação ambiental também são áreas crescentes no Brasil.

O engenheiro florestal encontra diversas oportunidades em empresas privadas e também no setor público.

Para exercer sua profissão, o engenheiro florestal precisa ser registrado no CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) do estado em que trabalha.
Sobre o curso superior em Engenharia Florestal

O curso de Engenharia Florestal oferece a titulação de bacharel, possui duração média de cinco anos e está disponível somente na modalidade de ensino presencial.

Disciplinas das áreas de Ciências Agrárias e Biológicas são apresentadas durante todo o curso. Desta forma, o aluno aprende assuntos relacionados a Tecnologia de Madeira, Botânica, Biologia Celular, Silvicultura e Filosofia Vegetal.

Matérias das Ciências Exatas, como Matemática e Física, também são abordadas no curso. As matérias mais específicas são as relacionadas a Impactos Ambientais, Florestas e Recursos Florestais, Recursos Hídricos, Legislação Ambiental, Microbiologia e Meteorologia.

O aluno também aprende alguns conceitos de gestão, direito e planejamento urbano.
Onde estudar Engenharia Florestal

Confira algumas das principais universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem a graduação em Engenharia Florestal:

Universidades Privadas:

Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)
Universidade Regional de Blumenau (FURB)
Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva (FAIT)
Centro Superior de Ensino e Pesquisa de Machado (CESEP)

Universidades Públicas:

Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)
Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)
Universidade Federal do Piauí (UFPI)
Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)


Fonte: guiadacarreira.com.br / Turismo Agora



Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA